Pular para o conteúdo

Remédios naturais para controlar o Refluxo gastroesofágico

Remédios naturais para controlar o Refluxo gastroesofágico

Descubra remédios naturais para controlar o desconforto do refluxo gastroesofágico e melhorar o seu bem-estar.

Ou refluxo gastroesofágico é um distúrbio comum que afeta muito mais pessoas do que você imagina. Ela se manifesta quando o conteúdo do estômago sobe para o esôfagocausando sintomas desagradáveis, como azia, regurgitação ácida e desconforto. Se você sofre de refluxo gastroesofágico e procura soluções naturais para promover o bem-estar do estômago e do esôfago, neste artigo explicaremos como melhorar sua qualidade de vida.

A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é uma condição que se manifesta por meio de uma série de sintomas que envolvem principalmente o trato gastrointestinal. Entre as mais comuns está aquela clássica sensação de queimação atrás do esterno conhecida como azia, que muitas vezes se intensifica após as refeições ou ao deitar. Outros sintomas incluem regurgitação ácida ou retorno do conteúdo gástrico para o esôfago, o que pode causar gosto amargo ou azedo na boca. Quando o distúrbio se torna crônico ou grave, pode causar danos ao esôfago.

Refluxo gastroesofágico, as causas

Para entender melhor o refluxo gastroesofágico é importante conhecer suas características causaentre os quais encontramos enfraquecimento do músculo esofágico inferior, obesidade, tabagismo e gravidez. Geralmente estão ligados ao funcionamento do esfíncter esofágico inferior (EEI) e a fatores de risco específicos.

Aqui estão alguns dos causas mais comuns

  • Esfíncter esofágico inferior fraco: iO LES é um músculo localizado na extremidade do esôfago que impede que o conteúdo do estômago volte para o esôfago. Quando o LES está enfraquecido ou não funciona adequadamente, pode permitir que o conteúdo do estômago retorne para ele, causando refluxo gastroesofágico.
  • Obesidade: A obesidade ou o excesso de peso aumentam a pressão abdominal, o que pode empurrar o conteúdo do estômago para o esôfago, aumentando o risco de refluxo ácido.
  • Nutrição inadequada: Consumir refeições grandes, ricas em gordura, especiarias, chocolate, café, bebidas alcoólicas e alimentos ácidos pode irritar o esfíncter esofágico inferior e contribuir para o refluxo gastroesofágico.
  • Fumaça de cigarro: O tabagismo enfraquece o EEI e pode aumentar o risco de refluxo gastroesofágico.
  • Gravidez: Durante a gravidez, as alterações hormonais e a pressão do útero em crescimento no abdômen podem causar refluxo gastroesofágico.
  • Estresse: O estresse pode afetar negativamente o sistema digestivo e aumentar a produção de ácido gástrico, promovendo o refluxo.
  • Roupas apertadas: Usar roupas apertadas ao redor do abdômen pode pressionar a região abdominal, contribuindo para o refluxo ácido.
  • Algumas condições médicas: Algumas condições médicas, como a hérnia de hiato (uma hérnia do diafragma que permite que o conteúdo do estômago suba para o esôfago), podem aumentar o risco de refluxo gastroesofágico.
  • Consumo de drogas: O uso crônico de alguns medicamentos, como antiinflamatórios não esteroides (AINEs), bloqueadores dos receptores H2 e medicamentos para pressão arterial, pode contribuir para o refluxo ácido como efeito colateral.
  • Velhice3: Com a idade, o tônus ​​muscular pode diminuir, inclusive o do esfíncter esofágico inferior, aumentando o risco de refluxo gastroesofágico.

É importante observar que as causas do refluxo gastroesofágico podem variar de pessoa para pessoa e, muitas vezes, mais de um fator pode contribuir para o desenvolvimento da doença.

Acidez estomacal: remédios naturais que funcionam

A acidez estomacal, como já dissemos, é um dos problemas mais comuns associados ao refluxo gastroesofágico. Felizmente, existem muitos remédios naturais que podem ajudá-lo para neutralizar a acidez estomacal e controlar seu desconforto. Primeiro, observe o que você come!

Alimentos alcalinos4 vir bananas, melões e pepinos podem ajudar a neutralizar a acidez no estômago. Isso também ruivo Possui propriedades anti-inflamatórias5 e é conhecido por aliviar o ácido estomacal6 e para apoiar a digestão e o funcionamento normal do trato gastrointestinal, pode ser consumido em chás ou chás de ervas ou como complemento às suas receitas. É muito importante, então, mastigar devagar E alimente-se com cuidado: isso pode reduzir o risco de acúmulo de gases no estômago, que causam acidez.

Evite também todos os alimentos que possam ser irritantes, como frituras, chocolate, café e bebidas carbonatadas. Se você realmente não pode deixar de consumi-los, pelo menos reduza sua ingestão4.

Outros remédios naturais

Dele chás de ervas digestivos à base de camomila, erva-doce ou gengibree consumir suco de aloe vera, que tem ação calmante nas mucosas do trato digestivo.

Você pode tentar beber camomila ou chá de ervasIll’aniceambos conhecidos por suas propriedades calmantes do sistema digestivo, enquanto algumas pessoas encontram alívio misturando uma colher de sopa de vinagre de maçã em um copo de água e bebendo antes das refeições.

Tenha também em mente o alívio que pode resultar a nível gástrico de uma possível perda de peso em pessoas com excesso de peso. Contudo, em qualquer caso É sempre fundamental consultar um profissional de saúde antes de adotar qualquer remédio natural, pois a eficácia pode variar de pessoa para pessoa, e somente um médico ou nutricionista pode fornecer orientações personalizadas sobre o manejo do refluxo.

Em resumo, então, aqui estão algumas sugestões a serem consideradas:

Reduzir o consumo de alimentos picantes e gordurosos, chocolate, café, bebidas alcoólicas e alimentos ácidos4. Opte por refeições mais leves e frequentes em vez de fazer algumas refeições pesadas ao longo do dia. Tente comer pelo menos 2 a 3 horas antes de dormir para evitar o refluxo noturno.

  • Mudancas de estilo de vida

Levante a cabeceira da cama cerca de 15 a 20 centímetros para evitar refluxo noturno. Evite usar roupas muito apertadas que possam comprimir o abdômen. Evite curvar-se ou inclinar-se imediatamente após comer, pois isso pode aumentar a pressão abdominal e contribuir para o refluxo. Exercite regularmente para ajudar a manter um peso corporal saudável, mas tente sempre modulá-lo com base no desconforto que você sente7.

  • Alimentos que podem ajudar

O banana Eles têm um efeito alcalinizante e podem ajudar a neutralizar o ácido estomacal. O batatas assadas ou cozidas eles podem ser facilmente digeridos e podem oferecer alívio temporário4. EU’avenida pode ajudar a absorver ácido no estômago devido à sua textura macia8.

Extratos de plantas úteis para combater o refluxo gastroesofágico

Os extratos vegetais podem desempenhar um papel importante no controle do desconforto gástrico em casos de doença do refluxo gastroesofágico (DRGE). Podem ser utilizados como abordagem inicial ou em combinação com outras terapias, de acordo com a opinião do médico que acompanha a situação.

É importante ressaltar que os resultados podem variar de pessoa para pessoa e que é aconselhável consultar um médico ou nutricionista especializado. Esses profissionais podem ajudá-lo a avaliar quais extratos de plantas são melhores para você, qual dosagem você deve tomar e como integrá-los com segurança à sua rotina de controle de ácido estomacal.

Suplementos naturais para o bem-estar do esôfago e estômago

Se procura um suplemento natural à base de princípios activos específicos para o bem-estar do esófago e do estômago, pode considerar Refúgio Forte. Este produto é formulado com extratos de plantas selecionados para ajudar a aliviar o desconforto relacionado à acidez estomacal.

100% natural, Reflugea Forte di Salugea apresenta princípios ativos (Mallow, Mucosave® FG, Resina Mastiha, Amla, Figo e Tília) que não se limitam a tamponar os ácidos, mas regulam a sua secreção, criando um “cobertor natural” capaz de proteger e apoiar o bem-estar e a funcionalidade normal da mucosa do estômago. O todo também agindo contra o estressemuitas vezes o protagonista silencioso dos problemas gástricos9.

Adequado para vegetarianos e veganos e sem glúten, também é acondicionado em práticos e resistentes frascos unidose em vidro escuro (e não em plástico!). O vidro, lembramos, é o único material capaz de garantir a qualidade e segurança dos produtos ao longo do tempo, além de fazer bem ao meio ambiente.

Para obter o máximo de benefícios, recomenda-se tomar um a três frascos por dia, possivelmente meia hora antes das refeições principais, De acordo com as necessidades. O produto pode ser tomado puro, direto na boca, ou diluído em um pouco de água.

Para concluir, O desconforto gastroesofágico pode ser controlado de forma eficaz com remédios naturais e mudanças no estilo de vida. Suplementos à base de extratos úteis nesse sentido, como o Reflugea Forte, podem ser uma opção para quem procura soluções naturais para o bem-estar do estômago e do esôfago.

Bibliografia

  • 1 Cleveland Clinic – Home – Biblioteca de saúde – Doenças e condições – Refluxo ácido e DRGE.
  • 2 Harvard Health Publishing – DOENÇAS E CONDIÇÕES – O estresse poderia estar piorando meu refluxo ácido?
  • 3 Gutschow CA, Leers JM, Schröder W, et al. Efeito do envelhecimento na motilidade esofágica em pacientes com e sem DRGE. Ger Med Sci. 2011;9:Doc22. doi:10.3205/000145.
  • 4 Cooper University Health Care – Domicílio – Serviços – Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE) – Dieta para DRGE.
  • 5 Mao QQ, Xu XY, Cao SY, et al. Compostos Bioativos e Bioatividades do Gengibre (Zingiber officinale Roscoe). Alimentos. 2019;8(6):185. Publicado em 30 de maio de 2019. doi:10.3390/foods8060185.
  • 6 Universidade de New Hampshire – Doença do Refluxo Gastroesofágico (DRGE).
  • 7 Jozkow, P., Wasko-Czopnik, D., Medras, M. et al. Doença do refluxo gastroesofágico e atividade física. Sports Med 36, 385–391 (2006).
  • 8 Centro de Endoscopia de Washington, DC – Qual é a melhor dieta para azia?
  • 9 Seção “Insights científicos” – Reflugea Forte.

Estes textos têm finalidade informativa, não devem ser entendidos como indicação de diagnóstico e tratamento de estados patológicos e não pretendem substituir de forma alguma a opinião do Médico. Os suplementos não pretendem substituir uma dieta variada e equilibrada e um estilo de vida saudável. Leia os avisos no rótulo.

 

Veja Também

10 peixes mais saudáveis ​​que você deve incluir na sua dieta

6 Melhores produto para limpar piso encardido

Alimentos adequados para combater a artrite

Remédios naturais para controlar o Refluxo gastroesofágico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista pitch Reçeber Nossas Notificações
Fechar
Permitir Notificações