Pular para o conteúdo

Quais são os benefícios das especiarias para a saúde?

ginger

Cúrcuma, cominho, gengibre, cravo… Possuindo virtudes reconhecidas desde a Antiguidade, certas especiarias ajudam a reduzir a inflamação ou a estimular o metabolismo. Quais?

Como tempero de pratos, como decocção ou como suplemento alimentar, as especiarias podem proteger o corpo e ajudar a combater certos vírus e doenças. Mas quais especiarias para quais doenças?O consumo de especiarias para fins terapêuticos só é eficaz se a patologia a tratar for previamente diagnosticada por um especialista. Para aproveitar ao máximo os benefícios das especiarias, é fundamental consultar um profissional e conhecer as dosagens.“, explica Claire Marino, naturopata e sofrologista em Paris. Visão geral (não exaustiva) dos benefícios das especiarias para a saúde.

Cúrcuma, um poderoso antiinflamatório

A cúrcuma é conhecida por seus efeitos antiinflamatórios. menciona o naturopata. Na verdade, é a curcumina, princípio ativo presente nesta especiaria, que ajuda a reduzir a inflamação, melhorar a função hepática, aliviar a irritação do cólon e até ajudar a prevenir doenças cardíacas.

Cominho contra distúrbios digestivos

Depois de uma refeição pesada, o cominho continua sendo um aliado muito fiel para facilitar a digestão: “o cominho, rico em nutrientes e antioxidantes, estimula a vesícula biliar e o pâncreas e atua na digestão de gorduras” especifica Claire Marino. Esta especiaria também é uma excelente fonte de ferro e vitaminas A, D e C, estimulando o sistema imunológico e evitando assim pequenos episódios de fadiga.

Cominho, um aliado contra problemas de digestão. © Natallia Khlapushyna-123RF

Gengibre, um bom antiespasmódico

O gengibre é uma raiz conhecida por reduzir náuseas, vômitos e enjôos em viagens. Por não apresentar efeitos colaterais perigosos, é ideal para mulheres grávidas que apresentam náuseas durante a gravidez. “Ainda mais eficaz que o gengibre, a erva-cidreira (consumida fresca em chá de ervas, em xarope ou em cápsulas) é uma erva aromática ideal contra espasmos.“, indica a naturopata.

Cravo, o inimigo da dor de dente

Contendo muitos antioxidantes, o cravo contém certos ingredientes ativos anti-sépticos que ajudam a aliviar a dor dentária. “Para aliviar a dor dentária, a decocção de cravo é muito eficaz. Para isso, amasse um cravo em 25 cl de água e leve tudo para ferver, tampado. Deixe a panela tampada esfriar por cerca de vinte minutos, sacuda a tampa para recuperar todos os princípios ativos da unha e enxágue a boca com este banho de manhã e à noite“. O naturopata especifica “éObviamente, se a dor persistir ou se intensificar após 2 ou 3 dias, é fundamental consultar um dentista!“.

Cúrcuma e pimenta para resfriados!

Cravo, ideal para dores de dente ou gengiva. © JediMaster-123RF

A cúrcuma, a pimenta e até o gengibre têm propriedades antibacterianas que atuam contra certos micróbios. Receita quando um resfriado começa a aparecer? “Corte 1 cm de raiz de gengibre e ferva em uma panela tampada com 300 ml de água por 5 min. Deixe esfriar por 20 minutos. Adicione o suco de limão, uma colher de chá de açafrão em pó, uma pitada de pimenta e uma colher de chá de mel e misture. Três copos por dia desta bebida farão com que aquele forte resfriado desapareça!“, conclui o especialista.

Obrigado a Claire Marino, naturopata e sofróloga em Paris.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista pitch Reçeber Nossas Notificações
Fechar
Permitir Notificações