Pular para o conteúdo

Pitaya: 7 benefícios e como consumir

pitaya

A pitaya é fruto de uma planta chamada Cactáceas do gênero Stenocereus que proporciona diversos benefícios à saúde, como ajudar no combate à prisão de ventre, promover a perda de peso, common o açúcar no sangue e aumentar as defesas do organismo.

Esses benefícios se devem ao fato da pitaya ser rica em vitamina C e antioxidantes, principalmente em compostos fenólicos e betalaínas, que têm sido associados à prevenção de doenças crônicas como diabetes e câncer.

Pitaya é diferente de pitahaya que pertence à mesma família Cactáceas mas é o gênero Hilocereus, diferenciando-se em sua aparência física, pois a pitaya possui espinhos de cacto em sua casca e a pitahaya possui uma espécie de escamas, sendo conhecida como “fruta do dragão”.

A pitaya possui sementes comestíveis em sua polpa e pode ser encontrada em diversas cores como branco, vermelho, roxo e amarelo. Esta fruta é colhida principalmente no México, América Central e América do Sul.

Benefícios da pitaya

Alguns benefícios do consumo common de pitaya são:

1. Combate a prisão de ventre

A Pitaya é rica em fibras que promovem aumento do quantity das fezes e aceleram o trânsito intestinal, sendo uma excelente opção para quem sofre de prisão de ventre.

2. Promova a perda de peso

Por ser uma fruta com baixo teor calórico e rica em fibras, a pitaya pode promover a perda de peso, desde que consumida em conjunto com uma alimentação saudável. Suas fibras ajudam a aumentar a sensação de saciedade, diminuindo assim a ingestão de outros alimentos.

3. Fornece antioxidantes

A Pitaya é uma fruta rica em antioxidantes, principalmente compostos fenólicos, betalaínas (responsáveis ​​pela cor roxo-avermelhada) e betaxantinas (responsáveis ​​pela cor amarelo-laranja).

Esses compostos previnem os danos causados ​​pelos radicais livres às células, protegendo o organismo e prevenindo o surgimento de doenças como câncer, diabetes e problemas cardíacos.

4. Proteja o corpo de certas bactérias

Graças aos seus componentes, como alcaloides, flavonas e sesquiterpenos, a pitaya possui propriedades antimicrobianas, ou seja, tem atividade na localização de algumas bactérias como Bacillus subtilisele Streptococcus faecalis e a Helicobacter Pylori.

5. Aumente as defesas

A Pitaya é rica em vitamina C, principalmente branca e amarela, fornecendo aproximadamente 12,6 mg dessa vitamina por 100 g de fruta.

Por este motivo, o consumo common desta fruta ajuda a aumentar as defesas e a melhorar o sistema imunitário; manter a elasticidade e firmeza da pele, pois participa do processo de formação do colágeno; promover a absorção de ferro a nível intestinal, sendo uma excelente opção para pessoas com anemia; promove a cicatrização de feridas e atua como um poderoso antioxidante.

6. Prevenir a formação de úlceras

Devido ao seu conteúdo de flavonas, lactonas e alcalóides, a pitaya possui atividade contra Helicobacter pylori, uma bactéria que vive no estômago e, se não for curada, pode causar a formação de úlceras estomacais.

7. Ajude a daily o açúcar no sangue

A pitaya, principalmente a vermelha, é rica em betalaína, molécula com propriedades antioxidantes que auxiliam na redução do açúcar no sangue.

Além disso, é rico em fibras, o que faz com que a absorção dos carboidratos a nível intestinal seja mais lenta e a glicose aumente progressivamente no sangue, permitindo que a insulina regule sua concentração no sangue. Por isso, é uma excelente opção para pessoas que sofrem de diabetes ou mesmo pré-diabetes.

Como consumir

Para extrair a polpa da pitaya, primeiro deve-se retirar os espinhos com muito cuidado (caso não tenham sido retirados), cortar a casca na vertical e com a ajuda de uma colher retirar a polpa.

Essa polpa pode ser consumida naturalmente, em sucos ou saladas, bem como transformada em refrigerantes, compotas, geleias ou doces. A polpa também pode ser utilizada no preparo de bolos, pastéis, sorvetes e iogurtes.

Veja quais são os benefícios da fruta do dragão e como eles se diferenciam.

Formada pela Universidade Central da Venezuela em 2011, com registro profissional MPPS 3781. Diploma em Nutrição Digestiva Absortiva

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Revista pitch Reçeber Nossas Notificações
Fechar
Permitir Notificações